Metodologia de ensino: o caso da Universidade Cuito Cuanavale em Angola

Ovihandeleko vie lilongiso: Ocikuya co citumalo lielilongiso liavelapo lioko Cuito Cuanavale vo Ngola

Autores

  • José Luís Sabonete Calulo Universidade Cuito Cuanavale - Angola
  • Armando Sangueve Sachitota Universidade Cuito Cuanavale - Angola

Palavras-chave:

Metodologia De Ensino, Docente Universitário, Ensino-Aprendizagem

Resumo

A docência no Subsistema de Ensino Superior, exige por parte dos docentes, o conhecimento de diversas metodologias de ensino, de modo que a aplicação das mesmas, venham possibilitar a criação de um ambiente de aula inclusiva, onde o docente planifica em função dos diversos níveis de assimilação existente na sala de aula, evitando assim, tornar alguns alunos invisíveis. A presente investigação, tem como objetivo, analisar as metodologias de ensino utilizadas no Ensino Superior em Angola, com foco na Universidade Cuito Cuanavale em Angola, possibilitando assim, ter uma visão geral das metodologias de ensino aplicadas e identificar possíveis áreas de melhoria para aprimorar a qualidade do ensino na instituição. Para a elaboração deste artigo, tendo em consideração o raio de alcance do assunto, achou-se conveniente utilizar o enfoque de pesquisa, estudo de caso de natureza exploratória, com uma abordagem mista. Na presente investigação, fez-se inicialmente uma abordagem sobre o ensino superior em Angola, tendo como foco o histórico da Universidade Cuito Cuanavale, posteriormente ecfetuou-se, uma breve fundamentação sobre metodologia de ensino no subsistema, assim como a apresentação e discussão dos dados, onde de forma genérica os inquiridos, convergem em dizer que a não aplicação de metodologias no processo de ensino-aprendizagem, impossibilita o alcance dos objetivos, tornando o processo de ensino-aprendizagem ineficiente e concomitantemente, os alunos saem desprovidos, do saber conhecer, saber fazer, saber ser e saber viver juntos e consequentemente, a formação integral da jovem geração, não é efetiva. Finalmente, aludiu-se a Sugestões para aprimorar o processo de ensino-aprendizagem, recomendações finais e referências bibliográficas.

****

Elilongiso lia velapo, lisukila  konepa lialongisi,  ukulihiso liovihandeleko viokulongisa, oco kuecelele elilongiso luwiti, oco ulongisi a tele okupongiya oku pisa kuava va telã lava kava telã vo hondo lielilongiso, loku tewuila  vamue o londongue. Enonovalo ulo, o kuete ocimaho yoku kulihinsa ovihandeleko vie lilongiso ko citumalo celilongiso liavelapo vo Ngola, cavelapo vali ko citumalo cavelapo coko Cuito Cuanavale, oco cipondole o ku kuata o kulihinso liavelapo liovihandeleko vielilongiso vioku longisa loku vanja olonepa vi sukuila oku miungulola oco o vina viende ciwa vo citumanlo ce lilongiso. Ko ku pongiya  upange olo tua nola o kutalavaya lonepa yoku tenga elilongiso. Ku pangue ulo, tua fetikuila tete oku kulihinsa elilongiso liavelapo vo Ngola, oku pisiwa kefetikilo lionjo eli lie lilongiso, noke tualekisa o njila tua kuata, loku lekisa evi tuasanga, okuti valua tuavangula lavo vapopia cimuamue, okuti nda etu ka tupongia ciwa elilongiso lietu, citinla oku sanga eci tu sukila, okukuata  evindululo vitela o kukuliha, oku tela o kulinga, okutela oku kala ciwa. Pokusulako tua vangula o nepa yoku unjukisa o nepa yaso eyi yelilongiso, loko lekisa va kuakutaya vamue vavangula ale onepa eye.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Luís Sabonete Calulo, Universidade Cuito Cuanavale - Angola

Mestre em Ciências da Educação - Didática do Ensino Superior, Diplomado e licenciado em Ensino da Matemática. Docente e Chefe de Departamento de Ensino e Investigação de Ciências Exatas da Escola Pedagógica da Universidade Cuito Cuanavale em Angola. Pesquisa sobre Didática da Matemática; Metodologias de ensino;  Práticas Pedagógicas e Análise Matemática.

Armando Sangueve Sachitota, Universidade Cuito Cuanavale - Angola

Mestre em Ciências da Educação - Administração Educacional, licenciado em Ensino da Matemática. Docente do Departamento de Ciências Exatas da Escola Pedagógica da Universidade Cuito Cuanavale em Angola. Pesquisa sobre os aspectos educacionais em Angola.

Referências

Borges, T. S., & Alencar, G. (2014). Metodologias ativas na promoção da formação crítica do estudante: o uso das metodologias ativas como recurso didático na formação crítica do estudante do ensino superior. Cairu em Revista. Visconde de Cairu, vol.3, nº4, p. 119-143.

Calulo, J. L. (2016). Metodologia para elavar o rensimento escolar. Linhas mestras para o desenvolvimento da aprendizagem significativa. Las Tunas: Editorial Acadêmica Universitária.

Carvalho, P. D. (2012). Em evolução e crescimento do ensino superior em Angola. Lisboa: Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE-IUL, pp. 248-265.

Ferreira, I. M. (2014). A planificação como prática de uma professora em processo de formação. Dissertação para obtenção do grau de mestre em Ensino de História. Portugal-Porto: Faculdades de Letras. Universidade do Porto.

Lacerda, F. C., & Santos, L. M. (Novembro de 2018). Integralidade na formação do ensino superior: metodologias ativas de aprendizagem. Avaliação, Campinas.vol. 23, nº3, p.611-627.

Masetto, M. (2001). Docência na universidade. São Paulo: Campirus.

Nauege, M., & Eduardo, A. A. (2022). O desenvolvimento do ensino superior em Angola: implicações da. Njinga & Sepé: Revista Internacional de Culturas, Línguas Africanas e Brasileiras. São Francisco do Conde (BA); v.2, nº Especial II, pp. 290; 291-306.

Paiva, M. R., Parente, J. R., & Queiroz, I. R. (2016). Metodologias ativas de ensino-aprendizagem: revisão integrativa. sanare, Sobral, vol.02, p.145-153.

Seixas, E. P., Araújo, M. V., Brito, M. L., & Fonseca, G. F. (2017). Dificuldades e desafios na aplicação de metodologias ativas no ensino de turismo: Um estudo em Instituição de Ensino Superior. Revista Turismo - Visão e Ação - Eletrônica,vol. 19, nº3,p. 567-587.

Stake, R. E. (1999). Investigación con estudio de casos. Madrid: Ediciones Morata, S. L.

Vigotsky, L. (1988). Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo- Ícone.

Downloads

Publicado

21-05-2024

Como Citar

Calulo, J. L. S., & Sachitota, A. S. . (2024). Metodologia de ensino: o caso da Universidade Cuito Cuanavale em Angola: Ovihandeleko vie lilongiso: Ocikuya co citumalo lielilongiso liavelapo lioko Cuito Cuanavale vo Ngola. JINGA SEPÉ: evista nternacional e ulturas, Línguas fricanas rasileiras, 4(1), 257–274. ecuperado de https://revistas.unilab.edu.br/index.php/njingaesape/article/view/1480