Poesia em língua cisena: Moçambique

Autores

  • José Gil Vicente Universidade Federal do Amazonas - Brasil

Palavras-chave:

Poesia, Literatura, Sentimentos, Moçambique

Resumo

A poesia é expressão de sentimentos e ideias. Amar a pátria passa necessariamente pelo estabelecimento de vinculo de identidade e de pertencimento. A língua cisena é uma lingua bantu falada na Cidade da Beira e em 22 distritos de 4 províncias de Moçambique: Província de Manica (Distrito de Gondola, Guru, Macosa e Tambara), Província de Sofala (Cidade da Beira e os distritos de Caia, Chemba, Cheringoma, Dondo, Gorongoza, Maringue, Marromeu, Muanza, Nhamatanda), Província de Tete (Distritos de Changara, Moatize e Mutarara) e Província de Zambézia (Distritos de Chinde, Inhanssunge, Mocuba, Mopeia e Morrumbala, Nicoadala). Além de Moçambique, Cisena é falado também nas Repúblicas de Malawi e de Zimbabwe (NGUNGA; FAQUIR, 2012).

Biografia do Autor

José Gil Vicente, Universidade Federal do Amazonas - Brasil

Doutor em Ciências da Educação pela UNIROMA, "Tor Vergata" - Itália e pela UNIGRANADA - Espanha. Professor do ICET / UFAM - Universidade Federal do Amazonas - Brasil.

Referências

NGUNGA, Armindo; FAQUIR, Orlando G.Padronização da Ortografia de Línguas Moçambicanas: Relatório do III Seminário. Maputo: CEA, 2012.

Downloads

Publicado

30-12-2021

Como Citar

Vicente, J. G. (2021). Poesia em língua cisena: Moçambique. NJINGA E SEPÉ: Revista Internacional De Culturas, Línguas Africanas E Brasileiras, 1(Especial), 389–393. Recuperado de https://revistas.unilab.edu.br/index.php/njingaesape/article/view/848

Edição

Seção

Seção III - Poesias e Letras de canções populares