Editorial

  • Bruna Andrade Irineu Universidade Federal do Tocantins - UFT
  • Luma Andrade Nogueira

Resumo

A ReBEH foi pensada como alternativa de produção de conhecimento na temática de Gênero e diversidade sexual, ampliando a produção editorial da ABEH que ocorria a cada dois anos a cada congresso. A ReBEH possibilita que além das produções bianuais tenhamos novas publicações quadrimestralmente.
A 1ª ReBEH, que está sendo lançada no dia 29 de janeiro de 2018, dia da visibilidade de pessoas travestis e transexuais, traz em seu corpo conhecimentos sobre esta multidão. A ideia principal é valorizar esses autores e autoras, mostrando o que foi produzido por elas e eles. A intensão é dar visibilidade ao estudo dessas vidas nuas que sofrem com a discriminação e o preconceito social, sendo assassinados/as por causa das suas singularidades. A ABEH está sendo presidida pela primeira vez por uma pessoa que se auto identifica como travesti e que pesquisa sobre travestilidades. Nada mais justo do que fazer um dossiê, no dia da “visibilidade trans”, ou melhor dizendo, da visibilidade dos Ts-ões, com travestis e transexuais falando sobre suas próprias pesquisas.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Profª. Drª. Bruna Andrade Irineu Lattes:<http://lattes.cnpq.br/8676883646497204> Universidade Federal de Tocantins - Curso de Serviço Social Coordenadora da Especialização em Gestão Pública em Saúde - DTE/UFTCoordenadora do Núcleo de Pesquisas, Estudos e Extensão em Sexualidade, Corporalidades e Direitos - http://nucleosexualidadeuft.wordpress.com  Vice-Presidente da ABEPSS - Região Norte
Publicado
2018-01-30
Como Citar
IRINEU, Bruna Andrade; NOGUEIRA, Luma Andrade. Editorial. Rebeh - Revista Brasileira de Estudos da Homocultura, [S.l.], v. 1, n. 01, jan. 2018. ISSN 0000-0000. Disponível em: <http://revistas.unilab.edu.br/index.php/rebeh/article/view/94>. Acesso em: 25 may 2018.
Seção
Apresentação