O despertar da orientação sexual homoafetiva no curso da vida: uma análise do filme "Cuatro Lunas"

Autores

  • Filipe Wilson Pimenta dos Santos

Resumo

O presente artigo trata-se de uma análise do filme Cuatro Lunas o qual apresenta um olhar psicológico para o despertar da orientação sexual homoafetiva que ocorre entre os homens nas quatro gerações deste filme, quais  podemos entender como fases da vida: infância, jovens adultos, maturidade e a melhor idade. O presente estudo tem como objetivo aprofundar os conhecimentos sobre a orientação sexual despertada nos personagens de Cuatro Lunas e os conflitos emocionais que ocorrem em volta deste curta metragem latino americano, priorizando chegar à conclusão de que orientação sexual pode ser acordada em qualquer fase da vida humana e com isto os teóricos aqui apresentados iram reforçar os fatos deste filme. Sua metodologia de caráter descritivo. O artigo está devidamente organizado em: introdução, sinopse do filme, análise das quatro fases da lua e considerações finais.

Biografia do Autor

Filipe Wilson Pimenta dos Santos

Psicólogo, graduado em psicologia pelo Centro Universitário do Norte - UNINORTE (2017), Especialista em Psicologia Organizacional e do Trabalho pelo Centro Universitário do Norte - UNINORTE (2018) e Pós-graduando em Gênero, Sexualidade e Direitos Humanos pela Universidade Estadual do Amazonas (UEA).

Downloads

Publicado

0404-2020

Edição

Seção

Artigos