Diálogos sobre lesbianidades: uma breve incursão histórica e análise das produções recentes

  • Leandra Sobral Oliveira UNESA / Professora curso Psicologia e UERJ / Doutoranda Psicologia Social
  • Amana Rocha Mattos

Resumo

O presente artigo trata do tema da homossexualidade, mas especificamente das lesbianidades. Discute a patologização da homossexualidade na transição do século XIX para o século XX assim como faz um recorte sobre lesbianidades numa breve perspectiva histórica para depois investigar na segunda metade do século XX a eclosão do processo afirmativo dos movimentos lésbicos no Brasil. Pensar sobre a existência e a resistência dessas mulheres a partir de marcadores desta compilação traz para a pauta cotidiana o pensamento sobre a necessidade de problematizarmos a falta de protagonismo dos estudos em lesbianidades no Brasil. Após esta incursão histórica, investiga as recentes produções sobre a temática produzidas no país, em especial as publicações de 2016 e 2017. O desenho deste artigo nasce da necessidade de refletir sobre as (in)visibilidades das lésbicas e promover este debate para além dos muros da Universidade.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Psicóloga, Professora do curso de Psicologia da Universidade Estácio de Sá (UNESA), Especialista em Gênero e Sexualidade (IMS/UERJ), Doutoranda em Psicologia Social (UERJ) e Integrante do Núcleo de Pesquisa e Desconstrução de Gêneros (DEGENERA/UERJ).
Amana Rocha Mattos
Professora Adjunta do Instituto de Psicologia/UERJ Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social/UERJ Coordenadora do DEGENERA - Núcleo de Pesquisa e Desconstrução de Gêneros
Publicado
2018-06-28
Como Citar
OLIVEIRA, Leandra Sobral; MATTOS, Amana Rocha. Diálogos sobre lesbianidades: uma breve incursão histórica e análise das produções recentes. Rebeh - Revista Brasileira de Estudos da Homocultura, [S.l.], v. 1, n. 02, p. 07-28, june 2018. ISSN 2595-3206. Disponível em: <http://revistas.unilab.edu.br/index.php/rebeh/article/view/109>. Acesso em: 18 oct. 2018.
Seção
Artigos