Ortografia no livro didático: objeto de conhecimento e ensino

  • Denize Terezinha Teis UTFPR
  • Lourdes Terezinha Graebin Parise

Resumo

Esse trabalho teve como objetivo verificar se a coleção didática Português: Linguagens para as séries finais de Ensino Fundamental aborda os conteúdos ortográficos que problematizam as relações regulares e irregulares estabelecidas entre letras e sons e sob qual viés metodológico o fazem. A análise dos dados foi orientada pelos pressupostos teóricos relativos à classificação dos aspectos regulares e irregulares decorrentes da relação letra e som proposta por Morais (2006) e os relativos às orientações metodológicas de ensino de Língua Portuguesa definidos pelo PNLD/2017 de Língua Portuguesa. Em relação aos conteúdos que sistematizam a relação fonema e grafema abordados na seção De olho na escrita constatou-se o destaque à grafia de palavras caracterizadas pelas fricativas /s/, /z/, /ӡ/ e /ò/, seleção que pode ser justificada por ser o não isomorfismo entre letra/som/fonema relacionados à grafia das fricativas a maior incidência de erros ortográficos realizados pelos alunos. Em relação à metodologia de ensino adotada verificou-se que a coleção orienta-se, predominantemente, pelo viés metodológico reflexivo que requer procedimentos de análise para a realização das atividades. Avaliamos positivamente as atividades ortográficas produzidas pelos autores da coleção Português: Linguagens, porém não as consideramos suficientes não apenas em razão do pouco espaço dedicado a esse estudo, mas porque concebemos que nenhum livro didático é suficiente ou adequado sem o protagonismo do professor.

Referências

BRÄKLING, Kátia Lomba. Essa escrita comovida em uma palavras-de-pernas-finas: a ortografia na escola. In: Veras (revista acadêmica de educação do ISE Vera Cruz), v. 1, n.2, 2011.
Disponível em:
http://site.veracruz.edu.br/instituto/revistaveras/index.php/revistaveras/article/view/53/36 Acesso em junho de 2017.
BRASIL. Guia de Livros Didáticos do PNLD 2017: Língua Portuguesa - Anos Finais do Ensino Fundamental. Brasília: MEC/SEB, 2016. Disponível em:
. Acesso em junho de 2017.
CEREJA, William; COCHAR, Thereza. Português Linguagens – 6º ano. 9ª ed. São Paulo: Saraiva, 2015a.
_______. Português Linguagens – 7º ano. 9ª ed. São Paulo: Saraiva, 2015b.
_______. Português Linguagens – 8º ano. 9ª ed. São Paulo: Saraiva, 2015c.
_______. Português Linguagens – 9º ano. 9ª ed. São Paulo: Saraiva, 2015d.
COSTA, Antonio Joel da Silva. Escrita ortográfica: proposta de intervenção para o ensino fundamental II. Dissertação (Mestrado Profissional em Letras) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte: Currais Novos, 2016.
GALUCH, M.T.B.; SFORNI, M.S. de F. Aprendizagem conceitual e apropriação da linguagem escrita: contribuições da teoria histórico-cultural. Estudos em Avaliação Educacional, 2009, 20(42): 111-124. Disponível em . Acesso em: junho de 2017.
GUIMARÃES, Marisa Rosa. Um estudo sobre Aquisição da ortografia nas séries
iniciais, 2005. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação,
UFPel, Pelotas, 2005.
LEMLE, M. Guia Teórico do Alfabetizador. São Paulo, Ática, 1987.
MIRANDA, Ana Ruth Moresco; DA SILVA, Michelle; MEDINA, Sabrina Zitzque. O
sistema ortográfico do português brasileiro e sua aquisição. Revista Linguagem e
Cidadania. Santa Maria, n. 14, dez. 2005.
Disponível em: http://www.ufsm.br/linguagem_e_cidadania/02_05/index.html.
Acesso em: 08 fev. 2007.
MONTEIRO, C. R. A aprendizagem da ortografia e o uso de estratégias metacognitivas, 2008. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.
MONTEIRO, Carolina. Reis. A aprendizagem da ortografia e o uso de estratégias metacognitivas, Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Pelotas: Pelotas, 2008.
MORAIS, Artur Gomes de. Sistema de Escrita Alfabética. São Paulo: Melhoramentos, 2012.
_______. Ortografia: este peculiar objeto de conhecimento. In: MORAS, Artur Gomes. (Org). O aprendizado da ortografia. Belo Horizonte: Autêntica, 2005, p.7-19.
_______. Ortografia: ensinar e aprender. São Paulo: Ática, 2006.
_______. Para que ensinar ortografia? In: BRASIL. Programa de Formação de professores alfabetizadores. 2001, p. 5. Disponível em: Acesso em junho de 2017.
______; SILVA, Alexsandro da. O livro didático de português e a reflexão sobre a norma ortográfica. In: MELO, Kátia Leal Reis de; MORAIS, Artur Gomes de; SILVA, Alexsandro da. (Orgs.). Ortografa na sala de aula. Belo Horizonte: Autêntica, 2007. Disponível em:
< http://www.serdigital.com.br/gerenciador/clientes/ceel/arquivos/25.pdf >.
Acesso em: junho de 2017.
NÓBREGA, Maria José. Ortografia. São Paulo: Melhoramentos, 2013.
ZORZI, J.L.; SERAPOMPA M.T.; FARIA, A. T.; OLIVEIRA, P.S. A influencia do perfil de leitores nas habilidades ortográficas. Rev Ass Bras Psicop. 2004; 21(65):146-56.
Publicado
2018-04-07
Como Citar
TEIS, Denize Terezinha; PARISE, Lourdes Terezinha Graebin. Ortografia no livro didático: objeto de conhecimento e ensino. Mandinga - Revista de Estudos Linguísticos, [S.l.], v. 2, n. 1, p. 111-133, apr. 2018. ISSN 2526-3455. Disponível em: <http://revistas.unilab.edu.br/index.php/mandinga/article/view/69>. Acesso em: 18 oct. 2018.
Seção
Artigo experimental (acadêmico)