O fenômeno da negação nas tirinhas Armandinho

Resumo

Este artigo tem como proposta apresentar uma análise do fenômeno da negação presente em tirinhas de Alexandre Beck, retiradas da página Armandinho, hospedada na rede social Facebook. A intenção de analisar as tirinhas tem como intuito destacar as circunstâncias de negação e seus sentidos. Em geral, observar-se se as negações são feitas por meio de advérbios, prefixos, pronomes ou por ironia, contrastrando o que propõem os estudos normativistas e os estudos linguísticos.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##
Doutorando em Línguística pela Universidade Federal de São Carlos (DL/PPGL/UFSCar)
##submission.authorWithAffiliation##
Mestrando em Estudos Linguísticos pela Universidade Federal de Uberlândia (ILEEL/PPGEL/UFU)

Referências

BECHARA, E. Moderna Gramática Portuguesa. 38ª ed. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2005.
_______. Gramática Escolar da Língua Portuguesa. 2ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2010.
BECK, A. Armandinho. Disponível em: https://www.facebook.com/tirasarmandinho/. Acesso em: 12 fev. 2016.
CABRAL, A. L. T. A força das palavras: dizer e argumentar. São Paulo: Contexto, 2011.
CEGALLA, D. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 48ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2010.
CUNHA, C.; CINTRA L. Nova gramática do português contemporâneo. 5ª ed. Rio de janeiro: Lexicon, 2008.
CUNHA, M. A. F. O Modelo das Motivações Competidoras no Domínio Funcional da Negação. Revista D.E.L.T.A. ano 17, n. 1, 2001.
DUCROT, O. O dizer e o dito. Revisão técnica e tradução Eduardo Guimarães. Campinas: Pontes, 1987.
FERRAREZI JR., C. Semântica para a educação básica. São Paulo: Parábola Editoria, 2008.
FERREIRA, A. B. H. Dicionário Aurélio da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Positivo, 2010.
FUZER, C.; SCOTTA CABRAL, S. R. Introdução à gramática sistêmico-funcional em língua portuguesa. Campinas: Mercado de Letras, 2014.
HALLIDAY, M. A. K.; MATTHIESSEN, C. M. I. M. An introduction to functional grammar. 4ª ed. London and New York, Routledge, 2004.
ILARI, R. Introdução à Semântica: brincando com a gramática. 7ª ed. São Paulo: Editora Contexto, 2008.
ILARI, R.; GERALDI, J. W. Semântica. 11ª ed. São Paulo: Ática, 2006.
MESQUITA, R. M. Gramática da Língua Portuguesa. 8ª ed. São Paulo: Saraiva, 2004.
MOURA, E. C. J. Análise do discurso contestatório nas tirinhas da Mafalda. 2012. 48f. Monografia (Licenciatura em Letras: Português/ Inglês e respectivas literaturas) Universidade Estadual de Goiás, 2012.
PERINI, M. A. Gramática do Português Brasileiro. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.
RAMOS, P. Tiras, gênero e hipergênero: como os três conceitos se processam nas histórias em quadrinhos? In: VI Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais, 2011, Natal. Anais do.. Natal: UFRN, 2011.
ROCHA LIMA, C. H. Gramática normativa da língua portuguesa. 47ª ed. Rio de Janeiro: José Olympio Ltda, 2008.
SANTANA, J. C. D.; NASCIMENTO, P. B. S. A Negação no Português Falado da Matinha/BA: um estudo sociolinguístico. Revista Letra Magna. ano 7, n. 14, 2011.
SEIXAS, V. C. et al. Construções negativas na fala de moradores da zona rural do município de Piranga, Estado de Minas Gerais: uma análise variacionista. Acta Scientiarum. Language and Culture. Maringá, v. 34, n. 2, p. 269-276, jul-dez, 2012.
Publicado
2017-08-11
Como Citar
CHAGAS, Diogo Silva; FREITAS, Henrique Campos. O fenômeno da negação nas tirinhas Armandinho. Mandinga - Revista de Estudos Linguísticos, [S.l.], v. 1, n. 2, p. 25-37, aug. 2017. ISSN 2526-3455. Disponível em: <http://revistas.unilab.edu.br/index.php/mandinga/article/view/48>. Acesso em: 25 may 2018.
Seção
Artigo experimental (acadêmico)

Palavras-chave

Negação; Português Brasileiro; Tirinhas.