Stickers do Whatsapp: caracterização pela interação

Autores

  • Lídia Kogawa Universidade Federal de São Paulo

Resumo

RESUMO: Em um cotidiano que demanda informações rápidas e concisas, ferramentas que facilitam a comunicação instantânea em aplicativos, como o WhatsApp, têm sido utilizadas com bastante frequência. Com base nisso, este trabalho pretende compreender e caracterizar os stickers (ou figurinhas) do WhatsApp, um recurso da rede social que permite a interação dos usuários por meio de imagens bem-humoradas. A justificativa do estudo advém do uso constante dos stickers na comunicação virtual e da capacidade que esse fenômeno tem de substituir/expressar frases e emoções. A pesquisa adota como referencial teórico os pressupostos da Sociorretórica, mais especificamente as considerações de Bazerman (2005, 2015) sobre como é possível reconhecer e caracterizar gêneros desconhecidos, caso dos stickers. Os procedimentos metodológicos levam em conta informações fornecidas pelos próprios usuários do recurso, por meio de questionário. 

 

Palavras-chave: Sticker. WhatsApp. Gênero. Sociorretórica.

Referências

BAZERMAN, C. Atos de fala, gêneros textuais e sistemas de atividades e pessoas. In: Gêneros textuais, tipificação e interação. São Paulo: Cortez, 2005. p.19-46.

BAZERMAN, C. Saber onde se está: o gênero. In: Retórica da ação letrada. São Paulo: Parábola, 2015. p. 31-55.

BIJORA, H. Google forms o que é e como usar o app de formulários online. TechTudo, 22 jul. 2018. Disponível em: <https://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/2018/07/google-forms-o-que-e-e-como-usar-o-app-de-formularios-online.ghtml/>. Acesso em: 26 mar.2020.

DO 1G AO 5G: conheça a história da internet móvel, Minha Conexão, 22 mar. 2019. Disponível em: <https://www.minhaconexao.com.br/blog/evolucao-da-internet-movel/>. Acesso em: 26 mar. 2020.

MILLER, C. Genre as social action. In: FREEDMAN, A.; MEDWAY, P. (Org.). Genre and the new rhetoric. London: Taylor & Francis 1994. p. 23-42. (Originalmente publicado em: Quartely Journal of Speech, v. 70, p. 151-167, 1984).

SIQUEIRA, J. H. S. S. Teoria social da retórica. In: FERREIRA, L. A. Retórica, escrita e autoria na escola. São Paulo: Blucher, 2018. p. 37-49.

WHATSAPP é a forma preferida de comunicação no Brasil, Agência CNT de notícias, 20 mar. 2019. Disponível em: <https://www.cnt.org.br/agencia-cnt/whatsapp-forma-preferida-comunicacao-brasil/>. Acesso em: 26 mar. 2020.

WHATSAPP é o veículo de comunicação mais usado pelos Millennials, Brasil Econômico, 29 mai. 2017. Disponível em: <https://tecnologia.ig.com.br/2017-05-29/whatsapp-millennials.html/>Acesso em: 26 mar. 2020.

WHATSAPP lança ‘figurinhas’ e clima de eleição pega carona. Redação GMC. Disponível em: <https://www.gmconline.com.br/noticias/politica/whatsapp-lanca-figurinhas-e-politica-pega-carona>. Acesso em: 26 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2812-2020 — Atualizado em 2812-2020

Versões

Edição

Seção

Artigo experimental (acadêmico)