Abordagem discursiva das representações sociais: sistematização de um construto teórico-metodológico

  • Lucineudo Machado Irineu UECE

Resumo

RESUMO: alinhavado aos pressupostos epistemológicos da Linguística Aplicada, este artigo objetiva, de modo geral, discutir o que compreendemos como abordagem discursiva das representações sociais, a partir de pesquisas que empreendemos com foco no processo de (re) produção de tais representações nos discursos midiático, autobiográfico, pedagógico e/ou acadêmico que circulam na modernidade tardia (IRINEU, 2011, 2014, 2019). De modo específico, objetiva historicizar o conceito de representações postulado por Moscovici (1976), no que se convencionou chamar de Grande Teoria, por Jodelet (1991), na abordagem genética, por Abric (1994) e Flament (2001), na abordagem estruturalista, e por Doise (2001), na abordagem societal, além de expor nossos conceitos de representação social e de discurso ancorando-nos em interface estabelecida entre a Teoria das Representações Sociais e a Análise de Discurso Crítica, em perspectiva transdisciplinar.
 
Palavras-chave: Representações sociais; Discurso; Abordagem discursiva.

##submission.authorBiography##

##submission.authorWithAffiliation##
Professor e pesquisador do Curso de Letras/Espanhol e do PROFLETRAS/UECE

Referências

ABRIC, J. C. Pratiques sociales et représentations. Paris: PUF, 1994.
CAVALCANTI, L. P. Devious Maids: representações sociais sobre as mulheres latinas em uma perspectiva multimodal. 269 f. Tese (Doutorado em Letras) Programa de Pós-Graduação em Letras, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2017.
DIEB. M. H. Educação infantil e formação docente: um estudo em representações sociais. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Ceará: Fortaleza, 2004.
DOISE, W. Atitudes e representações sociais. In: JODELET, D. (Org.). As representações sociais. Trad. Lílian Ulup. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001. p. 187-203.
DURKHEIM, E. As regras do método sociológico. São Paulo: Martin Claret, 2001.
FAIRCLOUGH. N. Discurso e mudança social. 2ª ed. Coord., trad., revisão e prefácio à edição brasileira de I. Magalhães. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2008.
FLAMENT, C. Estrutura e dinâmica das representações sociais. In: JODELET, D. (Org.). As representações sociais. Trad. Lílian Ulup. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001. p. 173-186.
GARCIA, P. C. A. Representações sociais sobre o racismo no discurso de discentes moçambicanos na Unilab/CE: vozes, imagens e trajetórias coletivas. 2018. 109 f. Dissertação (Mestrado Interdisciplinar em Humanidades) Mestrado Interdisciplinar em Humanidades, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, 2018.
IRINEU, L. M. Representações sociais sobre a latinidade em sites de redes sociais contemporâneas: uma investigação discursivo-ideológica situada no Orkut. 2011. 211 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2011.
_____. Abordagem discursiva das representações sociais: princípios de um construto teórico. In: DIEB, M. H.; ARAÚJO, J.; BAPTISTA, L. M. T. (Org.). Discursos, ideologias e representações sociais. Curitiba: CRV, 2014, p. 13-31.
_____. et. al Vozes da escola sobre o trabalho infantil: um estudo em representações sociais. Caminhos em Linguística Aplicada, v. 20, p. 19-38, 2019.
JODELET, D. Representation sociale: Phenomène, concept et théorie. Paris: Presses Universitaires de France, 1984.
_____. Représentations sociales: un domaine en expansion. In: JODELET, D. (org). Les représentations sociales. 2. ed. Paris: PUF, 1991.
_____. As representações sociais. Trad. Lílian Ulup. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001.
MIRANDA, C. A. A. Abordagem ideológica da representação social de professores universitários sobre a formação de docentes de E/LE. 187 f. Dissertação (Mestrado em Linguística) Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1976.
_____. Sobre representações sociais. Santa Catarina: Editora da UFSC, 2003.
NASCIMENTO, M. V. F. Representação, avaliação e léxico: um olhar sobre o discurso de professores e tutores do curso de licenciatura em Letras/Espanhol da Universidade Federal do Ceará. 229 f. Tese (Doutorado em Linguística) Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2012.
PEREIRA, G. C. As representações do gênero feminino no seriado televisivo A Grande Família: uma análise crítica do discurso imagético-verbal. 155 f. Tese (Doutorado em Linguística) Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.
SÁ, C. P. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.
THOMPSON, J. B. Ideologia e cultura moderna. Rio de Janeiro: Editora Vozes, 2009.
VAN DIJK, T. A. Cognição, discurso e interação. (Org. e apresentação de Ingedore V. Koch). 4ª ed. São Paulo: Contexto, 1999.
_____. Ideología y discurso: una introducción multidisciplinaria. Barcelona: Ariel, 2003.
_____. Discurso e poder. HOFFNAGEL, J.; FALCONE, K. (Orgs.) São Paulo: Contexto, 2010.
Publicado
2019-07-22
Como Citar
IRINEU, Lucineudo Machado. Abordagem discursiva das representações sociais: sistematização de um construto teórico-metodológico. Mandinga - Revista de Estudos Linguísticos, [S.l.], v. 3, n. 1, p. 8-18, july 2019. ISSN 2526-3455. Disponível em: <http://revistas.unilab.edu.br/index.php/mandinga/article/view/289>. Acesso em: 20 aug. 2019.

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

##plugins.generic.recommendByAuthor.noMetric##